Tampa Protetora com Álcool Stopper CSA5-250R - 3M

Cód.: MMM21460A
Embalagem com 250 unidades.
R$500,00
10x de R$50,00 sem juros
Esgotado
Calcular frete e prazo

O prazo de entrega inicia-se após a confirmação de pagamento.

A Tampa Protetora com Álcool 3M™ Curos™ Stopper CSA5-250R utiliza álcool isopropílico a 70% para desinfecção de conexões luer fêmea antes do acesso à linha. Ela protege as conexões por até sete dias se não for removida.

A Tampa Protetora com Álcool 3M™ Curos™ Stopper CSA5-250R desinfeta em apenas um minuto e protege as conexões luer fêmea por até sete dias. Seu design exclusivo mantém a pressão para permitir que o sistema continue fechado. É indicada para uso único e vem em tampas separadas individualmente.

Antes de usar a Tampa Protetora com Álcool 3M™ Curos™ Stopper CSA5-250R para desinfecção de conexões luer fêmea, certifique-se que a válvula das torneirinhas/dânulas ou as saídas dos cateteres estão fechadas. Se a conexão luer fêmea encontrar-se visivelmente suja, limpe com um swab embebido em álcool a 70% antes de utilizar a tampa. Não use se o lacre estiver rompido, torcido ou perfurado. Remova o lacre de alumínio e aplique a Tampa 3M™ Curos™ Stopper imediatamente, pressionando e rosqueando o dispositivo no sentido horário, até que o mesmo fique totalmente rosqueado. A tampa deve permanecer no lugar durante no mínimo um minuto, e pode permanecer por até sete dias, desde que não seja removida. A conexão pode ser imediatamente acessada após um minuto de permanência do 3M™ Curos™ Stopper. Descarte após o uso; não reutilize a mesma tampa. Utilize uma nova tampa 3M™ Curos™ Stopper depois de cada uso.

Características

- Desinfeta em um minuto, protegendo por até sete dias se não for removida;

- Seu design exclusivo mantém a pressão para permitir que o sistema continue fechado;

- Suas cores ajudam os médicos a verificar e medir o procedimento;

- Testes in vitro mostram eficácia contra seis microrganismos comumente associados com CLABSI: Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermidis, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Candida glabrata e Candida albicans;

- Utilizada para desinfecção de conexões luer fêmea.