Anestésico Neocaina 0,5% - CRISTÁLIA

Cód.: CRN5992A
  • Solução injetável de Cloridrato de Bupivacaína 0,5% com Hemitartarato de Epinefrina 1:200.000.
R$140,00
2x de R$70,00 sem juros
Esgotado
Calcular frete e prazo

O prazo de entrega inicia-se após a confirmação de pagamento.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.

NEOCAÍNA É UM MEDICAMENTO, SEU USO PODE TRAZER RISCOS, PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. MEDICAMENTOS PODEM CAUSAR EFEITOS INDESEJADOS, EVITE A AUTOMEDICAÇÃO: INFORME-SE COM O FARMACÊUTICO.

 

  • Contra-Indicação:
    • As soluções de cloridrato de bupivacaína são contraindicadas em pacientes com conhecida hipersensibilidade a anestésicos locais do tipo amida ou a outros componentes da fórmula, por exemplo, metabissulfito de sódio, nas soluções contendo epinefrina;
    • As soluções de cloridrato de bupivacaína são contraindicadas em associação com anestesia regional intravenosa (Bloqueio de Bier) uma vez que a passagem acidental de cloridrato de bupivacaína para a circulação pode causar reações de toxicidade sistêmica aguda;
    • O cloridrato de bupivacaína 7,5 mg/mL é contraindicada em pacientes obstétricas;
    • Houve relatos de parada cardíaca com dificuldade de ressuscitação ou morte após o uso de cloridrato de bupivacaína para anestesia epidural em pacientes obstétricas;
    • Na maioria dos casos isto foi relacionado com cloridrato de bupivacaína 7,5 mg/mL. Os anestésicos locais são contraindicados em anestesia epidural em pacientes com hipotensão acentuada, tais como nos choques cardiogênico e hipovolêmico;
    • Também são contraindicados em bloqueios obstétricos paracervicais, os quais podem causar bradicardia fetal e morte;
    • Risco na gravidez: Grau C - Não foram realizados estudos em animais e nem em mulheres grávidas;
    • O uso de bupivacaína na concentração de 0,75% não é recomendado para anestesia obstétrica;
    • A bupivacaína não é recomendada para anestesia regional intravenosa (Bloqueio de Bier);
    • Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.
  • Cuidado e Advertência:
    •  Os anestésicos locais para utilização em grandes quantidades e ou em bloqueio de plexos ou neuroeixo devem ser administrados por profissionais habilitados e com retaguarda de suporte para emergências;
    • Os procedimentos anestésicos regionais ou locais, exceto aqueles mais comuns, devem ser sempre realizados em áreas bem equipadas e com pessoal treinado, onde devem estar facilmente disponíveis os equipamentos e medicamentos para o monitoramento e ressuscitação de emergência;
    • Quando estiver realizando bloqueios maiores, uma cânula intravenosa deve ser inserida antes da injeção do anestésico local;
    • Os médicos devem ter recebido treinamento adequado e apropriado do procedimento a ser realizado e devem estar familiarizados com o diagnóstico e tratamento dos efeitos adversos, toxicidade sistêmica ou outras complicações;
    • A NEOCAÍNA® com vasoconstritor contém metabissulfito de sódio, um sulfito que pode causar um tipo de reação alérgica, incluindo sintomas anafiláticos e episódios asmáticos, com risco de vida ou mais moderados, em pacientes suscetíveis; 
    • As soluções de anestésicos locais contendo conservantes antimicrobianos (como por exemplo metilparabeno) não devem ser usadas para anestesia espinhal porque a segurança dessas substâncias não foi estabelecida em relação à injeção intratecal intencional ou acidental;
    • Aspiração cuidadosa antes e durante a injeção é recomendada para confirmar a localização de onde se que injetar o anestésico local.
  • Posologia:
    • A experiência clínica e o conhecimento da condição física, idade e peso corpóreo dos pacientes são muito importantes no cálculo da dose necessária;
    • Quando bloqueios prolongados são usados, tanto infusão contínua quanto administração repetida em bolus, o risco de se atingir concentração plasmática tóxica ou de induzir um dano neural local devem ser considerados;
    • A dose máxima recomendada de cloridrato de bupivacaína em um período de 4 horas é de 2 mg/kg de peso até 150 mg em adultos;
    • O limite máximo da dosagem deve ser individualizado em cada caso após avaliação da estatura e estado físico do paciente, bem como habitual índice de absorção sistêmica do local da injeção;
    • A duração do efeito anestésico pode ser prolongada pela adição de epinefrina.

 Registro ANVISA: 1.0298.0350-007-1.

  • Composição:
    • Cada tubete de 1,8 ml contém:
    • Cloridrato de Bupivacaína (DCB 0160.02-4) 9 mg;
    • Bitartarato de Epinefrina (DCB 0466.02-6) 0,0164 mg (Equivalente a 0,009 mg de Epinefrina);
    • Veículo estéril q.s.p. .................... 1,8 ml;
    • (Veículo com vasoconstritor: cloreto de sódio, edetato de sódio, bicarbonato de sódio, metabissulfito de sódio, metilparabeno).
  • Indicada para a produção de anestesia local ou regional ou analgesia para cirurgia, procedimentos de cirurgia orificial, procedimentos diagnósticos e terapêuticos, e para procedimentos obstétricos;
  • Somente as concentrações de 0,25% e 0,50% são indicadas para anestesia obstétrica.

Bula