Anestésico Mepivalem 3% SV - DLA

Cód.: DYA4276B

Solução estéril injetável de Cloridrato de Mepivacaína 3% (30 mg/ml) sem vasoconstritor acondicionada em tubetes plásticos de 1,8ml;

Atenção! Este produto possui venda restrita ao profissional prescritor, devidamente inscrito em Conselho de Classe.

R$123,90
2x de R$61,95 sem juros
Esgotado
Calcular frete e prazo

O prazo de entrega inicia-se após a confirmação de pagamento.

USO PROFISSIONAL

MEPIVALEM É UM MEDICAMENTO, SEU USO PODE TRAZER RISCOS, PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. MEDICAMENTOS PODEM CAUSAR EFEITOS INDESEJADOS, EVITE A AUTOMEDICAÇÃO: INFORME-SE COM O FARMACÊUTICO.

 

  • Cuidado e Advertência:
    • Os AL tipo amida são contra-indicados a pacientes que apresentem hipertermia maligna (hiperpirexia);
    • A insuficiência hepática é uma contra-indicação relativa à administração de anestésicos locais. Isto inclui pacientes submetidos à diálise renal e aqueles com nefrite túbulo intersticial crônica;
    • Insuficiência hepática e cardiovascular significativas e a tireotoxicose (hipertireoidismo) são contra-indicações relativas ao uso dos AL;
    • A hipersensibilidade aos AL do tipo amida e a quaisquer componentes presentes na composição de MEPIVALEM 3% SV é uma contra-indicação absoluta. MALAMED, SF. Manual de Anestesia Local. 5a. Ed. Elsevier, 2005.
  • Posologia:
    • Como para todos os AL, a dose varia e depende da região a ser anestesiada, da vascularização dos tecidos, da tolerância individual e da técnica de anestesia;
    • Deve ser administrada a menor dose necessária para produzir anestesia eficaz;
    • A dose máxima é de 4,4 mg/Kg sem ultrapassar 300 mg (equivalente a 5 carpules para adultos saudáveis normais); a dose deve ser reduzida em pacientes clinicamente comprometidos, debilitados ou idosos. MALAMED, SF. Manual de Anestesia Local. 5a. Ed. Elsevier, 2005;
    • Doses máxima em carpules para pacientes saudáveis (4,4 mg de cloridrato de mepivacaína / Kg - cada carpule de 1,8 ml contém 54 mg de cloridrato de mepivacaína).

Registro MS n° 1099300080012

 

  • Composição:
    • Cada tubete de 1,8 ml contém:
    • Cloridrato de Mepivacaína ….. 54,000 mg;
    • Excipientes (Cloreto de Sódio, Metilparabeno e Hidróxido de Sódio para ajuste de pH);
    • Água para injetáveis ….. q.s.p ….. 1,800 ml.
  • Interações Medicamentosas:
    • Em geral, os depressores do Sistema Nervoso Central como narcóticos, opioides, ansiolíticos, fenotiazínicos, barbitúricos e anti-histamínicos, quando empregados em conjunto com Anestésico Local (AL), levam à potencialização das ações cardiorespiratórias dos AL;
    • O uso conjunto de AL e drogas que compartilham uma via metabólica comum pode produzir reações adversas;
    • Os fármacos que induzem a produção de enzimas microssomais hepáticas, como os barbitúricos, podem alterar a velocidade de metabolização dos AL com ligação amida. Assim, o aumento da indução das enzimas microssomais hepáticas, aumentará a velocidade de metabolismo do AL.
  • Reações Adversas:
    • Reações adversas após a administração de cloridrato de mepivacaína são similares em natureza das reações observadas com os outros anestésicos locais do tipo amida;
    • Essas reações são, geralmente, dose-dependentes e podem ser resultado de uma concentração plasmática elevada;
    • Os sinais e sintomas clínicos iniciais da superdosagem (toxicidade) têm origem no SNC e são de origem excitatória, tais como: sinais de fala difícil, calafrios, contração muscular, tremores dos músculos da face e extremidades distais e sintomas de sensação de pele quente e ruborizada, delírio generalizado, tontura, distúrbios visuais como incapacidade de focalizar, distúrbio auditivo como zumbido, sonolência e desorientação. Para outras reações adversas, vide a Bula.
    • MEPIVALEM 3% SV está indicado para a anestesia local em odontologia;
    • Indicado para a produção de anestesia local por infiltração ou bloqueio, para intervenções odontológicas em geral, extrações múltiplas, próteses imediatas e procedimentos endodônticos.

    Bula