Anestésico Alphacaine 1:100 - NOVA DFL

Cód.: DAA4269A
  • Solução estéril injetável acondicionada em tubetes de vidro de 1,8 mL;
  • Cada embalagem contém 50 tubetes.

USO EXCLUSIVO POR INFILTRAÇÃO OU POR BLOQUEIO DE NERVO VIA SUBMUCOSA E INTRAGENGIVAL

R$114,40
2x de R$57,20 sem juros
Esgotado
Calcular frete e prazo

O prazo de entrega inicia-se após a confirmação de pagamento.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. PRODUTO DE USO EXCLUSIVAMENTE PROFISSIONAL

ALPHACAINE É UM MEDICAMENTO, SEU USO PODE TRAZER RISCOS, PROCURE UM MÉDICO OU UM FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. MEDICAMENTOS PODEM CAUSAR EFEITOS INDESEJADOS, EVITE A AUTOMEDICAÇÃO: INFORME-SE COM O FARMACÊUTICO.

 

  • Contra-Indicação:
    • O uso do produto em pacientes com hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula ou que fazendo uso de medicamentos que sabidamente provocam mudanças na pressão sangüínea, como inibidores da monoaminoxidase (IMAO), antidepressivos tricíclicos e fenotiazinas, é contra-indicado.
  • Cuidado e Advertência:
    • A segurança e a eficácia dos anestésicos locais dependentes da dosagem recomendada, da técnica correta, de uma anamnese realizada, das precauções obtidas e da rapidez e habilidade do profissional na intervenção nos casos emergenciais;
    • Deve-se usar uma dosagem menor, capaz de proporcionar uma anestesia eficaz;
    • O uso de anestésico local associado ao consumo de álcool e medicamentos tranqüilizantes, interfere diretamente na eficiência do anestésico, podendo aumentar ou diminuir seu tempo de ação, bem como sua potência;
    • ALPHACAINE não deve ser usado em pacientes que escolhem fazendo uso de medicamentos que sabidamente provocam mudanças na pressão sangüínea, como inibidores da monoaminoxidase (IMAO), antidepressivos tricíclicos e fenotiazinas;
    • Sérias arritmias cardíacas podem ocorrer se preparações contendo vasoconstritores empregadas em pacientes durante ou após a administração de halotano, tricloroetileno, ciclopropano ou clorofórmio;
    • A administração simultânea de drogas vasopressoras e de drogas oxitócicas do tipo ergot pode causar hipertensão severa persistente ou acidentes vasculares cerebrais.
  • Posologia:
    • Como ocorre com todos os anestésicos locais, a dosagem varia e depende da área a ser anestesiada, da vascularização dos tecidos, do número de segmentos nervosos a serem bloqueados, da tolerância individual e da técnica anestésica usada;
    • Deve-se usar uma dose menor necessária e suficiente para proporcionar uma anestesia específica. A substância necessária deve ser fornecida em bases individuais;
    • A dose máxima sugerida pelo Conselho de Terapêutica Odontológica da Associação Americana de Odontologia e pela Convenção da USP é de 4,4 mg / Kg, com ou sem vasoconstritor;
    • Esta dose ainda permite o uso de um volume significativo da droga para se obter uma anestesia clínica profunda, com um risco um pouco menor de reações tóxicas (superdosagem).
    • A dose máxima recomendada para as crianças com menos de 10 anos, com peso e desenvolvimento normal, deve ser fornecida de fórmula pediátrica padrão (ex .: Regra de Clark); A dose máxima recomendada de epinefrina é de 0,2 mg (ou o equivalente a 5,5 cárpulos de ALPHACAINE 50, 8,8 cárpulos de ALPHACAINE 80 ou 11 cárpulos de ALPHACAINE 100) para pacientes adultos saudáveis;
    • Uma dose recomendada recomendada para os associados à epinefrina, como pacientes pacientes ASA III ou ASA IV e pacientes clinicamente hipertireóideos, é de 0,04 mg por consulta (1 cárpulo de ALPHACAINE 50, 1 e ¿ cárpulo de ALPHACAINE 80 ou 2 cárpulos de ALPHACAINE 100);
    • Na infiltração oral e / ou bloqueio mandibular, uma dose inicialmente usualmente efetiva é de 1 a 5 mL de lidocaína (½ a 2 e ½  carpules). Em crianças menores de 10 anos é necessário administrar mais que 0,9 a 1,0 mL (½ carpule) de lidocaína por procedimento, para alcançar anestesia local envolvendo um único dente. Durante a aplicação, recomenda-se fazer aspiração para evitar os riscos da injeção intravascular.
  • Características:
    • Tubete de vidro;
    • Construtor com vaso;
    • Composição: Cloridato de Lidocaína 2% com Epinefrina 1: 100.000;

 Registro ANVISA: 1.0177.0016-002-7.

  • Composição:
    • Cada mL da solução injetável de Alphacaine 1:100.000 contém:

Cloridrato de Lidocaína 20,0 mg
Epinefrina base 10,0 µg
Excipientes q.s.p 1,0 mL
Excipientes: Bissulfito de Sódio, Cloreto de Sódio e Água para Injeção.

  • Reações Adversas:
    • As reações adversas são em geral relativas a dosagem, causados por dosagem excessiva, absorção rápida ou injeção na circulação sanguínea não intencional, ou ainda podem resultar de uma hipersensibilidade, tolerância reduzida por parte do paciente;
    • As reações podem ser caracterizadas por fotofobia, nervosismo, apreensão, euforia, confusão, tontura, sonolência, zumbidos, visão borrada, vômitos, sensação de calor, frio ou dormência, tremores, perda da consciência, depressão e parada respiratória, bradicardia, hipotensão e colapso cardiovascular, que pode levar a uma parada cardíaca. Para mais informações e outras reações adversas, vide a Bula.
  • Indicado para a anestesia local por bloqueio de nervo ou por infiltração, para intervenções odontológicas em geral, extrações múltiplas, próteses imediatas e procedimentos endodônticos e procedimentos periodontais simples e complexos.

Bula